O setor automotivo poderia aumentar até 20% suas vendas com uma gestão bem treinada e adaptada aos clientes

A compra de um automóvel é uma decisão importante na vida de uma pessoa, na qual diversos fatores podem intervir. Nos dias atuais, o preço segue sendo o fator principal no qual um cliente se baseia na hora de adquirir um carro, sem contar a marca. Garante Felipe del Baño, diretor comercial da Volvo Cars.

Esta afirmação é uma das muitas escolhidas na mesa redonda que organizou a revista La tribuna de automoción em conjunto com a Overlap. Palestrantes, de diferentes marcas debateram sobre a visão comercial em um mercado em plena recuperação. Alonso Nogueiro, diretor geral da Faconauto, José Ignacio Olazábal, diretor de desenvolvimento da rede Hyundai, Pablo Rodríguez, gerente de automação na Overlap e Felipe del Baño, diretor comercial da VolvoCars debateram sobre quatro fatores determinantes no mercado automobilístico atual.

A compra de um automóvel é uma decisão importante na vida de uma pessoa, na qual diversos fatores podem intervir. Nos dias atuais, o preço segue sendo o fator principal na qual um cliente se baseia na hora de adquirir um carro, sem contar na marca a marca. Garante Felipe del Baño, diretor comercial da Volvo Cars.

Esta afirmação é uma das muitas escolhidas na mesa redonda que organizou a revista La tribuna de automoción em conjunto com a Overlap. Palestrantes, de diferentes marcas debateram sobre sobre a visão comercial em um mercado em plena recuperação. Alonso Nogueiro, diretor geral de FaconautoJosé Ignacio Olazábal, diretor de desenvolvimento de rede HyundaiPablo Rodríguez, gerente de automação na Overlap e Felipe del Baño, diretor comercial da VolvoCars debateram sobre quatro fatores determinantes no mercado automobilístico atual:

  1. A atuação do comercial é fundamental na hora de vender um carro.

Alguns clientes estão dispostos a mudar de marca se o tratamento de uma for melhor do que o da outra. Apesar de preço seguir como um peso mais relevante na hora de tomar tal decisão, um vendedor que conheça a necessidade do cliente, em muitas ocasiões consegue finalizar a venda. Um tratamento personalizado proporciona uma importância especialmente igual a homogeneidade dos vendedores de uma mesma marca, na hora de vender. Segundo Olazábal é preciso escutar o cliente e não criar um método de venda padrão, mas sim personalizado até satisfazer suas necessidades. Para isto os palestrantes concordam que é fundamental a formação dos vendedores, tanto online como offline.

  1. O Teste: 52% das marcas forcem test-drive a um comprador.

O debate neste caso se concentrou na utilidade do teste e no momento em que é realizado. Nem todos os clientes possuem as mesmas necessidades e em algumas ocasiões os vendedores acreditam que perdem tempo com um teste. Alonso Nogueiro esclarece: “O teste é fundamental; na vontade de trocar um carro velho por um novo isso sem dúvida é apaixonante”. E falando de carros novos e antigos partimos para a terceira parte do debate:

  1. A utilização das novas tecnologias, como as redes sociais.

20% dos clientes compram um carro através da internet e quando chegam a concessionária conhecem quase a perfeição do que estão pedindo. Hoje em dia a tecnologia é fundamental no processo de compra, que faz com que o modelo de distribuição também seja alterado e avance. Os palestrantes neste caso falaram sobre um novo período de adaptação.

No mercado automotivo atual se sobressai uma tendência inovadora. O car sharing, ou os aplicativos que fazem com que qualquer pessoa possa compartilhar um carro, tanto para realizar uma viagem como para um aluguel de horas. As marcas enxergam este novo modelo como uma oportunidade dentro do setor. Graças a seu potencial de crescimento, terão mais capacidade de captar gente jovem.

A geração do milênio prioriza cada vez menos a compra de um carro e mais a utilização deste tipo de tecnologias. Os tempos mudaram para as pessoas desta faixa etária, uma vez que a decisão de compra em determinados aspectos é tardia devido à crise. Crise que por outra parte está diminuindo. No ano de 2015 foi o melhor desde o exercício de 2008, com número de registros superiores a um milhão de unidades.

Veja o resumo completo do evento tuit a tuit através do link: https://storify.com/Overlapnet/segunda-mesa-redonda-overlap-y-la-tribuna

Mais informações em: overlap@overlap.net ou ligando para 11 3060-4440

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *